Português | English

ONC Produções

A ONC Produções Culturais, lda. é uma empresa ao serviço das entidades públicas ou privadas (autarquias, empresas, associações e agentes culturais em geral) que pretendam contratar, para a realização de espectáculos, músicos ou grupos musicais. [mais sobre a ONC]

Destaques

A grande Festa da Música no CCB

Mário Laginha, Pedro Burmester, Carlos Bica e João Paulo Esteves da Silva na edição deste ano dos Dias da Música

25 de Abril - Big Band Júnior convida Mário Laginha - obras de Duke Ellington, Ray Henderson, Claus Nymark, João Godinho e Mário Laginha - Claus Nymark direção musical, Dias da Música, Pequeno Auditório do CCB – 14h00
25 de Abril - Mário Laginha interpreta obras de Enio Morricone, Ry Cooder, Ryuichi Sakamoto, Bob Telson, Carlos Paredes e Bernardo Sassetti – Pequeno Auditório do CCB, Lisboa – 18h00
25 de Abril - Pedro Burmester - A Música de Bach e os filmes de Pasolini – Sala Fernando Pessoa, CCB, Lisboa – 22h00
25 de Abril - João Paulo Esteves da Silva e Ricardo Ribeiro – A sombra e a luz nas canções – Sala Luís de Freitas Branco, CCB, Lisboa - 22h00
26 de Abril - Carlos Bica e João Paulo Esteves da Silva – música ao vivo para “The Navigator”, de Buster Keaton e Donald Crisp – Sala Fernando Pessoa, CCB, Lisboa – 15h00

Três concertos de Cristina Branco na Holanda

23 de Abril - Stadsschouwburg De Harmonie , Leeuwarden, Holanda, 20h30
24 de Abril - Schouwburg Kunstmin, Dordrecht, Holanda, 20h15
25 de Abril - Theaters Tilburg (concertzaal), Tilburg, Holanda, 20h30

Prossegue a longa digressão de “Idealist”, desta vez em mais três palcos holandeses. A voz de Cristina acompanhada por Ricardo Dias (piano), Bernardo Couto (guitarra portuguesa) e Bernardo Moreira (contrabaixo)

 

Camané no Funchal e na Batalha

24 de Abril – Praça do Município, Funchal – 21h30
25 de Abril – Mosteiro da Batalha, Batalha – 21h30

A 24 na capital madeirense, e no dia seguinte num espaço carregado de história e de simbolismo, num dia especial e muito do agrado do intérprete de “Sei de um Rio”: o 25 de Abril… Camané, sempre!