Português | English

ONC Produções

Imprensa

Maria João & Mário Laginha | Chocolate

Lançamento a 3 de Novembro

Em 1983, Maria João gravava o seu primeiro disco. Nesse primeiro trabalho, Quinteto Maria João, o piano estava a cargo de Mário Laginha. A cumplicidade entre ambos foi-se aprofundando ao longo de um quarto de século, de centenas de concertos e onze discos gravados. O último fruto dessa longa caminhada conjunta surge agora e tem um nome: “ Chocolate”, “o 12º disco do duo.

“Chocolate” é um disco especial. Pode dizer-se que comemora essa relação longa e muito forte, de 25 anos, recuperando a mesma formação instrumental do primeiro disco, embora com diferentes intervenientes para além de Maria João e Mário Laginha. Tal como o disco de 1983, “Chocolate” conta também com alguns standards e temas originais da cantora e do pianista.

"O que nos une é o amor puro, pela música e um pelo outro, por isso escolhemos o nome Chocolate", explicou Maria João. Para a cantora, que “adora chocolate”, “a música é muito saborosa, é como se os sons fossem bocadinhos de chocolate", disse a um jornal português.

O disco será apresentado ao vivo no dia 30 de Outubro na Casa da Música, no Porto, no dia 25 de Novembro no Teatro Académico Gil Vicente, em Coimbra, e dia 5 de Dezembro no Grande Auditório do CCB em Lisboa.

CHOCOLATE

Produzido por Maria João e Mário Laginha, e gravado por Nelson Carvalho nos estúdios da Valentim de Carvalho, este trabalho conta com Maria João na voz, Mário Laginha no piano, Juian Argüelles no saxofone tenor e soprano, Bernardo Moreira no contrabaixo, Helge Andreas Norbakken na percussão das músicas 1, 2, 3, 7, 8, 9 e Alexandre Frazão na bateria das músicas 4, 5, 6.

1. I Have a Heart Just Like Yours 5’47’’
Letra: Maria João / Música: Mário Laginha

2. Goodbye Pork Pie Hat 4’28’’
Letra: Joni Mitchell / Música: Charles Mingus

(Elegante elegia dedicada à memória de Lester Young, composta em 1959 por Charles Mingus sobre um poema de Joni Mitchell, poucos meses após o falecimento de Young, um dos mais importantes e influentes saxofonistas e clarinetistas Americanos)

3. I’ve Grown Accustomed to His Face 4’59’’
Letra: Alan Jay Lerner / Música: Frederick Loewe

(Canção do musical ‘My Fair Lady’ de 1956, e que ilustra a raiva do Professor Henry Higgins ao facto da sua pupila Eliza Doolittle ter saido da sua vida, e o apercebimento crescente do quanto irá sentir a sua falta)

4. Sweet Suite 11’48’’
Música: Mário Laginha

5. This Time 7’55’’
Letra: Maria João / Música: Mário Laginha

6. Modern Mode  / I’m Old Fashioned 3’39’’
“Modern Mode”: Música: Mário Laginha / “I’m Old Fashioned”: Letra: Johnny Mercer / Música: Jerome Kern

(“I’m Old Fashioned”, composta em 1942 por Jerome Kern com letra de Johnny Mercer, foi escrita para o filme ‘You Were Never Lovelier’ com Fred Astaire e Rita Hayworth como protagonistas. A primeira gravação desta música pertence a Fred Astaire com John Scott Trotter e a sua orquestra, nesse mesmo ano)

7. If You Could See Me Now 6’42’’
Letra: Carl Sigman, Tadd Dameron / Música: Tadd Dameron

(Um dos primeiros sucessos na carreira de Sarah Vaughan, em 1946)

8. Mati Mati 6’38’’
Letra: Maria João / Música: Mário Laginha

9. When You Wish Upon a Star 2’37’’
Letra: Ned Washington / Música: Leigh Harline

(Esta canção, introduzida no filme “Pinóquio” da Disney em 1940, onde foi cantada por Cliff Edwards na personagem de Grilo Falante nos créditos iniciais e finais do filme, ganhou esse ano o Óscar da Academia para Melhor Canção Original, sendo ainda hoje considerada pelo Instituto Americano de Cinema como a melhor canção da Disney e uma das 100 melhores músicas de sempre num filme)